sexta-feira, 4 de setembro de 2009

109ª Conversa - O Contrato IV

Se alguma dúvida podia ter sobre o que havia a fazer, o que devia ter feito e não fiz, ou simplesmente se fiz tudo o que devia ter feito para levar a primeira fase do contrato até ao fim... Um email que recebi na 4a feira, uma resposta que queria que tivesse chegado antes, sinceridade e frontalidade que pedi desde o início a uma terceira pessoa, chegou. Chegou mostrando-me que havia feito tudo e que a resposta não chegou a tempo... Porque exigiria dedicação de alguém que não estava disposto nesta altura.

E por isso so posso estar satisfeita comigo e com o meu desempenho... E novos desafios virão... E não serão pequenos!

O contrato continua de pé... E as duas fases: o doutoramento e a escrita.

6 comentários:

Cris (Mahinder Kaur) disse...

:)
Vês,
tu consegues!

pin gente disse...

boa!

vim buscar o link e procurar as cartas para ler.
beijos

teresa disse...

ves ,, é assim mesmo ,
agora o ceu é o limite ,,,,
beijinhos minha querida e boa sorte para tudo

Patrícia disse...

Eu sabia que tinhas feito tudo o que podias para atingir os teus objectivos, nunca tive dúvidas de quando queres tu vais até ao fim. O tempo é que foi pouco.

Força!

Beijinhos

Fontez disse...

yes, yes.
ainda me lembro de uma telefonema...
;)

you can, you win!


bj grande.

Sara S. disse...

Não comento há alguns dias, mas tenho acompanhado os textos. E afinal, o falhanço não foi falhanço, foi uma vitória atrasada, mas mesmo assim, foi uma vitória. E se essa vitória não chegasse, existia pelo menos a certeza da tentativa, sempre é muito mais apreciada que o não fazer nada. Espero que tudo continue com um bom rumo. Bjs