domingo, 26 de julho de 2009

100ª Conversa ... 28º visitas depois

Escrevo aqui a 100ª conversa desde que iniciei este blog, e já la vão 7 meses. Este espaço nasceu após a 3ª consulta com a Rute, talvez a consulta mais dificil até hoje. Nasceu porque naqueles dias só tinha duas soluções: ou cair ou lutar... e eu lutei... assim, desta forma. Lutei contra o silêncio, contra os maus pensamentos, contra o vazio e a dor. Aqui, ao longo destas 100 conversas lutei contra tudo isto... E tem-me feito tão bem!

Sei que muitos acham este espaço demasiado intimo para o virem comentar, ou pelo menos algumas conversas... Mas, meus amigos, apesar de tudo quero que este espaço continue a ser reflexo da minha alma. O meu sentido positivo fez-me abrir este espaço e aqui continuarei... peço desculpa por algum desconforto que isso possa causar em determinados posts.

As minhas visitas à Rute começaram no dia 22 de Dezembro, e que belo presente de Natal me dei! Desde então, até hoje, apenas não comparecemos 3 semanas: 1 era o meu aniversário, outra a Rute teve um congresso, e esta semana ela esteve de férias. Foram 28 visitas, 28 horas (um pouco mais) que tivemos em conjunto e em partilha... E grandes mudanças ocorreram em mim.

Tinha pensado que este post seria de balanço, mas nos ultimos tempos não sabia muito bem o que escrever (talvez graças ao nó que tive no pensamento) mas ontem, enquanto jantava com uma amiga, que me acompanha há 10 anos, vi que não era necessário dizer ou escrever nada. A minha conversa ontem foi diferente, a minha atitude está diferente, a minha visão do mundo continua semelhante (os valores não mudam!) mas de uma forma mais confiante... Ontem, enquanto a ouvia, e enquanto a aconselhava pensava para mim: "Quem é esta que está a falar por mim?? Quem te ouviu e quem te ouve!". E fiquei muito feliz comigo... sorri de mim para mim.

Hoje, 100 conversas e 28 visitas depois, sinto-me que dei um passo em frente... ou antes... vários. Se "não custa viver, custa saber viver", eu digo: estou a aprender.

11 comentários:

Fontez disse...

leio, com suavidade e uma lágrima no olho de felicidade, este post.

um abraço apertado dear.
estás a vencer, linda.

beijo.

Patrícia disse...

E eu digo: Tenho orgulho de ti!

Sempre contigo nesta luta

Beijos

O Profeta disse...

O desejo mora no limite da razão
Há tanto de intemporal em ti
Solta a palavra em lábios inquietos
As cores do teu “eu” penso que não vi

Imaginei-as mil vezes
Ouro de lei, a limpidez dos diamantes
O pensamento é cavalo errante
Feito na viagem de breves instantes


Boa semana



Doce beijo

Opalescence disse...

Ainda bem que assim é. Fico muito feliz! Saber viver pode custar, mas é essencial.

Obrigada pelas palavras de reconforto que deixaste no meu blog. Na verdade, tens razão, embora o medo acabe por tomar conta de mim. Ainda estou bastante dependente deles e eles sabem disso, mas enfim...

Um grande beijinho*
E que continues a aprender.

Sara S. disse...

Acho que só nos podemos alegrar por alguém ter conseguido atingir algumas das metas a que se propôs :) Gostei do sentimento com que estas palavras foram escritas. E parabéns pelas conquistas e mudanças no sentido positivo que foram efectuadas! Beijinho

pin gente disse...

eu acredito que é a mais difícil das aprendizagens!

um beijo, cátia

Sónia Pessoa disse...

Parabéns amiga! eu sabia que ías chegar aí... continua, a partir daqui é sempre a sorrir. Beijo grande

orquídea disse...

Os meus votos de contínuas e frutuosas aprendizagens! :)
Beijinhos

AnaMar (pseudónimo) disse...

Com esse espírito guerreiro não duvido da vitória.
sei bem as lutas que travamos. as batalhas em que nos ferimos. depois, é continuar mesmo com a alma remendada. porque o que não nos mata, fortalece-nos.
Bj solidário

Cátia disse...

Fontez,

Vamos caminhando, mais ou menos depressa com melhores ou piores momentos.

Um beijo



Patricia,

Obrigada querida, eu sei que sim. Obrigada por isso.

Abraço



Profeta,

A semear leitores? Estava na hora de terminar, nao?

sem beijo


Opalescense,

Ha que saber viver sim... e isso vamos aprendendo aos poucos. Estou por perto.

Beijocas



Sara,

Ainda falta muito para chegar onde pretendo mas.. caminho em frente. E isso é optimo.

Beijo


CA

Cátia disse...

Luísa,

Com certeza que o é... mas que outra forma temos nós de a vivermos senão aprender a seguir em frente e a lutar por o que queremos? Acho que saberás bem o que isso é...

Abraço enorme


Sonia,

Os sorrisos virão e deixar-me-ao outras vezes. A vida não é cor-de-rosa como bem sabes mas... vamos aprendendo a sorrir :)

Beijinho


Orquídea,

Obrigada. Espero que se possam realizar sim.

Beijocas


AnaMar,

Obrigada pela visita aqui. Uma amiga e um passeio em comum na semana passada? :)

Ferimo-nos imenso nesta caminhada não é? Há mesmo que remendarmo-nos e seguir... a força há-de chegar e... não vale a pena ficar.

Beijinho



CA