quarta-feira, 15 de abril de 2009

65ª Conversa - A Rute faz-me bem?

Questionaram-me já mais que uma vez se a Rute me anda a fazer bem. Minha resposta imediata foi que: sim, muito bem! Agora pergunto-me: faz-me bem?

Passo por tempos complicados, complicados em termos familiares, complicados internamente, o que me tem feito andar menos bem.... Mas isso está relacionado com a Rute? Não, não está...

As conversas com a Rute têm-me feito ver coisas em mim que não via, fazem-me pensar, fazem-me construir, fazem-me evoluir... Não, não quero mudar quem sou, os valores que tenho, a forma como penso. Quero apenas ser mais confiante, ser mais segura de mim mesma... E isso faz-se ultrapassando momentos do passado, perdoando atitudes que tiveram para comigo; faz-se aceitando pequenos defeitos que tenho, aceitando quem sou; faz-se não sendo tão exigente comigo nem com os outros... faz-se... de muitas formas, algumas que já sei e outras que ainda não descobri.

Se a Rute faz-me bem? Faz-me sim, faz-me pensar em mim, faz-me pensar no nó que tenho no meu passado, no meu presente e que não quero levar para o futuro... O nó que quero aprender a desactar.

Não posso pensar em construir em 3 meses o que não construi em 26 anos. Para construir vou precisar de desconstruir muitas ideias, muitos maus pensamentos, muita coisa... Preciso de fazer uma terraplanagem para poder construir direito... Descontruir traz sofrimento e leva tempo. Deem-me tempo e verão!

13 comentários:

marta disse...

Comecei por ler este post com alguma preocupação. Eu não tenho duvidas de que a Rute te faz bem. Que mais não seja porque levantaste o tapete e começaste a limpar o lixo acumulado. É claro que agora à muita coisa no ar, é claro que vais ter que te lembrar (como se te pudesses algum dia ter esquecido)do que lá está, mas isso faz parte do processo. Fingir que está tudo bem e ir empurrando com a barriga, isso sim é mau, mau para ti, no entanto para quem convive contigo pode ser mais confortável. Que lixe quem está de fora. Mexe e remexe nisso tudo. Deita fora, recicla.
Tou contigo, mas o trabalho é teu!!! ;)

Beijo enorme!

Ps – acabei de ler o post com um sorriso!

Maria Clarinda disse...

(...) Preciso de fazer uma terraplanagem para poder construir direito... Descontruir traz sofrimento e leva tempo. Deem-me tempo e verão!

Está tudo aqui, para a frente!!!!!
Eu tenho a certeza que a Rute te faz bem!!!
Jinhos

Cris (Mahinder Kaur) disse...

Com este post tiraste qualquer dúvida que pudesse existir em nós e em ti.
Um beijo grande!

Carracinha Linda! disse...

Descontruir para construir de novo e melhor: é isso mesmo Cátia!

Beijoca

Tite disse...

Ah! pois é...
dá trabalho mas vale muito a pena.
Não se pode ficar eternamente agarrado ao passado quando o mesmo nos deixou amargurado.

Limpa tudo o que puderes para venceres a amargura e partires purificada para o futuro que só estará cheio de luz se tu quiseres e ajudares.

Beijo de compreensão

Texto-Al disse...

a rute faz-te bem. nunca tive dúvidas.

T.

fj...(disfarçado) disse...

ja sei!...

Foi a Rute q me empurrou...informaram-me agora.


A/para Ti sim, não tenho duvidas, faz-te bem...
Beijinhos

fj...sugerindo disse...

que tal activar as janelas pop-up...assim podia agora ler o post sem sair daqui...
---><---

bjs.

fj disse...

Parece que há um problema com o numero 1.

Bom Domingo!
Bjs

Tite disse...

Sobrinha,

Espero que gostes mais de números do que eu.
Aquele fj é inesgotável em ideias matemáticas.

disse...

há coisas q não se destroem, as outras, bem as outras, nunca são realmente nossas...bj

marta disse...

lol...

Vim até aqui e pensei... se nunca cá tivesse vindo, nunca cá tinha estado...

Também estou numa de frases inteligentes e pronfundas... or not! ;P

Cátia disse...

or not... :P

... Mas gosto de te ter sempre por cá :)

Beijocas