segunda-feira, 15 de junho de 2009

86ª Conversa - Atropelamento...

Olho a cidade e nada vejo, nada sinto... Ouço apenas o meu pensamento em camara lenta. Olho para um lado e para o outro e sinto-me abandonada ali mas sem forças para caminhar... Sinto-me atropelada por mim mesma, eu que outrora viajara a toda a pressa por ali... Agora quem mais do que eu poderei apanhar os meus cacos, se sou vitima e culpada dos atropelos? Sangro ou peço ajuda? Salvo ou sou salva? Deito-me no alcatrão da rua de de mim mesma e fecho os olhos... Hoje (e espero que só hoje) sinto-me derrotada por mim mesma... Quem consegue lutar contra isto? Desisto! Amanhã será outro dia...

16 comentários:

CA disse...

Minha amiga,
Lembra-te da nossa conversa, ok? Ou do que dela conseguiste retirar que não justifica atropelamentos ou desistências. Faz parte de um processo que não é fácil... Não é apenas uma caminhada: é um processo duro, longo, e acima de tudo muito intimo. Condicionantes externas vão existir SEMPRE! Mas é nas condições internas que se trabalham (dia após dia) que irás encontrar a força para as derrubar ou, por vezes, contornar. Lembra-te: tal como um atleta que treina a sua massa muscular durante meses para se propor a um campeonato, cabe-nos a nós treinarmos a nossa musculatura emocional e comportamental para nos propormos (a todo o momento) ao grande campeonato que é a VIDA. Exercita bem estes musculos! Vais ver como o treino e o combate se tornarão bem mais fáceis (ou menos dificeis)de enfrentar. Já imaginaste a quantidade de dores que uma pessoa normal poderá sentir se começar a praticar desporto em "red line" de um momento para o outro? Muitas, com toda a certeza. Porquê? Os musculos não estão preparados e, muito menos, habituados. Imagina então a carga que se coloca no exercicio comportamental, no exercicio emocional... Treino minha querida... Mas com calma: não queremos dor, pois não?
Força amiga!!
Beijocas
CA

CA disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
CA disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
CA disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
CA disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
CA disse...

Ops!!!
Não estava a conseguir publicar o comentário e saíram 5!!!!
Beijinho
CA

CA disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
orquídea disse...

É!... Hoje é já um novo dia! :)
Beijinhos

Fontez disse...

não existem dias iguais.
passará.

obstáculos, grandes ou pequenos, existirão sempre.

Felizes os que caminham na humildade, rindo ao medo! (Deus não nos abandona)

Desistir significa voltar à estaca zero. e tu não o farás pois estás a caminhar bem...com coragem, determinação...!

Fácil? Nada fácil...mas no fim se verá uma recompensa ainda maior.

bj grande e boa semana.

Cátia disse...

CA,

Este processo é duro sim e desengane-se que não. É dificil mudar, alterar, limar (o que for) o que sempre fomos, mas principalmente é dificil enfrentar tudo o que sempre escondemos por debaixo do tapete...

O treino tenho-o feito constantemente. É de facto preciso muito treino para conseguir mudar e começar a automatizar a nova forma de estar, de reagir, de dizer... Mas a verdade é que tenho vivido tudo em red line: a vida impos, eu fiz. Chegou o cansaço, chegou a desilusão, a dor...

... Mas como eu disse: hoje já é outro dia.

Obrigada pela tua presença. É bom voltar a sentir-te perto.
Beijinho enorme,
CA


Orquídea,

É bem verdade... E com um novo dia, uma nova esperança, não é?

Beijinho grande
CA

Cátia disse...

Fontez,

Tu sabes que não irei desistir, assim como eu também o sei e sempre soube, como todos... Nao está em mim desistir, mas por vezes... Dá vontade.

Beijocas,

Ps - essas tuas frases começadas por "felizes os que..." não funcionam mt bem... Guarda-as para ti ;)

Ovinho Estrela(do) disse...

Querida Cátia...
O lema das grandes e fantásticas mulheres (como tu, como eu, como tantas!) é que o amanhã tem de ser forçosamente o HOJE! E hoje é o dia...

Aquele abraço, querida...

*

Fontez disse...

guardarei.

sim, eu sei que não desitirás apesar da tentação.
beijo

Fontez disse...

em todo o caso, houve um engano da minha parte, as palavras são de Cristo, reproduzidas por S.Mateus e não S.Pedro (apesar deste também o saber):
"Felizes os que sofrem, choram, porque serão consolados."

para finalizar, como dito, ficarão guardadas.
apenas para correcção deste lapso acima dito.

good day.

beijoca

Cátia disse...

Ovinho querida,

Cada vez estou mais certa que fazes parte do grupo das mulheres fantásticas que tenho a felicidade de ter na minha vida... Hoje é mesmo o dia, assim como terá que ser amanha, e no seguinte... Obrigada pela presença.

Retribuo aquele abraço

*

Fontez,

Existem algumas frases que estam na Biblia que eu acho que são menos felizes, quando aplicadas aos dias de hoje. E sinceramente esse tipo de "felizes os desgraçadinhos" é um bom exemplo... Mesmo estando na Biblia, nao temos que concordar com tudo...

Bjs

Patrícia disse...

Mana,

Estou sempre contigo.

Beijinho grande